EventosSegurança patrimonial e eletrônica

Campanha visa reunir tecnologias de segurança para combate à violência contra a mulher

Iniciativa da Abese quer juntar ideias com soluções como videomonitoramento e reconhecimento facial e impedir casos de feminicídio

A Associação Brasileira de Empresas de Segurança Eletrônica (Abeset) iniciou hoje (8/3) uma campanha para reunir as melhores soluções de tecnologia voltadas ao combate à violência contra a mulher e consequentemente o feminicídio no Brasil que, segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas para Direitos Humanos, ocupa o 5º lugar no ranking mundial de feminicídio.

Mulheres contam como é trabalhar no mercado de tecnologia

Durante a campanha, a Abese se aproximará de órgãos públicos como o Governo do Estado de São Paulo, ONGs e empresas interessadas em apresentar soluções pensadas para a proteção de mulheres. A proposta é reunir todo o setor de segurança eletrônica para pensar, junto com entidades interessadas no tema, em estratégias que sejam aplicadas de imediato ou em curto prazo e que contribuam efetivamente na mudança dessa realidade.

Atualmente, o setor de segurança eletrônica abarca diversas tecnologias como: videomonitoramento, alarmes, controle de acesso, reconhecimento facial, entre outras – que podem ser combinadas com novas soluções e utilizadas para o combate às agressões e mortes de mulheres. Além disso, os equipamentos de segurança são onipresentes em condomínios, dentro de elevadores e nas ruas 24h por dia.

O intercâmbio de inovações tem como objetivo fomentar novas parcerias e qualificar novos projetos com soluções inteligentes. A ABESE também pretende incentivar a adoção de medidas contra o feminicídio em projetos de segurança eletrônica. As empresas e instituições interessadas devem enviar as suas soluções ou solicitar mais informações pelo e-mail: secretaria@abese.org.br.

 

https://ipnews.com.br/campanha-visa-reunir-tecnologias-de-seguranca-para-combate-a-violencia-contra-a-mulher/

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close