Incêndios

Incêndio EMS: bombeiros começam rescaldo em galpão e casas no entorno seguem interditadas

Incêndio começou às 11h30 de sábado e fogo só foi controlado à tarde quando foi confinado em uma área. Dos 65 mil m² de construção, 15 mil m² foram atingidos pelo fogo.

Por Patrícia Teixeira e Cristina Maia, G1 Campinas e Região e EPTV

O Corpo de Bombeiros faz, neste domingo (21), o rescaldo da área destruída pelo incêndio na indústria farmacêutica EMS, em Hortolândia (SP). O fogo começou às 11h30 de sábado (20) e foi controlado à tarde ao ser confinado no galpão do almoxarifado. Cerca de 40 homens dos bombeiros estão no local, e 60 pessoas estão fora das residências no entorno por conta da fumaça.

A planta da empresa na cidade é a maior do Brasil. Tem produção de líquidos, semissólidos, sólidos e embalagens. Dos 65 mil m² de construção, 15 mil m² foram atingidos pelo fogo. De acordo com a EMS, 65 milhões de unidades por mês são produzidas em Hortolândia. Desde o início do incêndio a produção está parada.

As corporações de Campinas (SP) e Hortolândia trabalham na área e não é possível precisar quanto tempo levará para que o rescaldo seja concluído.

Só ao fim dos trabalhos, os bombeiros poderão considerar que o fogo foi, de fato, extinto.

“O combate foi a madrugada toda. Faz parte do rescaldo terminar com os pequenos focos. Normalmente é a altura das chamas que define o fim do incêndio e o começo do rescaldo”, explica o técnico da Defesa Civil de Hortolândia, Roberto Alves.

A indústria fica no km 8 da Rodovia Jornalista Francisco Aguirre Proença, a Campinas-Monte Mor, na altura do bairro Chácaras Assay, na entrada da cidade.

https://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2018/10/21/incendio-ems-bombeiros-comecam-rescaldo-em-galpao-e-casas-no-entorno-seguem-interditadas.ghtml

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close