Emily SobralPAT

Trabalhador cai em máquina de moer carne, uma tragédia chocante do setor de frigorífico

Por Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Quando escrevo que o setor de frigorífico está carimbado com o selo da corrupção por causa dos irmãos Batista, que estão à frente da JBS, uma das maiores companhias em faturamento, que se envolveram numa das maiores degradações entre o público e o privado, parece que é implicância minha. Só que não.

Além dessa marca incômoda, o que mais causa estupefação é o grau de risco do setor, que expõe os empregados a inúmeros perigos de acidentes. Vou citar uma fatalidade que não foi muito divulgada pela grande imprensa, ainda que tenha tido uma circunstância para lá de estranha. Pois é, um funcionário da fábrica da Bello Alimentos, de Eldorado, MS, um frigorífico de frangos, morreu ao cair em uma máquina de moer carne. O caso está sob investigação, e o trabalho avalia diversas hipóteses, inclusive suicídio ou algo criminoso.

Entretanto, a máquina de fazer moagem, é uma misturadeira, em que o operador precisa subir em um equipamento para colocar os temperos do processamento do embutido. Realmente, nenhuma hipótese pode ser descartada, inclusive falta de treinamento aos empregados e de controles gerenciais por parte da empresa.

 

www.segurancaocupacionales.com.br

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close