Mercado e TecnologiaPAT

Técnicas de ergonomia garantem maior produtividade nas empresas

A postura correta durante o trabalho é um dos objetivos da ergonomia e a mobília é um dos fatores mais importantes e determinantes.

Você já parou para pensar que a disposição dos móveis, a iluminação do ambiente de trabalho e os equipamentos utilizados para a realização das tarefas do dia a dia são determinantes para a saúde? A médio e longo prazo práticas inadequadas acarretam dores e desconfortos, impossibilitando um trabalho eficaz. Por isso, pensar na ergonomia, ou seja, a interação da sua postura com a máquina de trabalho pode auxiliar nesse processo de bem-estar e produtividade.

Nas empresas e escritórios, as pessoas passam muitas horas do dia submetidas a determinadas condições para desempenhar suas funções. Embora o corpo humano se adapte facilmente à maneira de se acomodar nas cadeiras, à altura da mesa e às condições estabelecidas, uma postura inadequada pode acarretar consequências nada agradáveis, como dores e lesões, que impossibilitem, inclusive, o prosseguimento do trabalho.

A postura correta durante o trabalho é um dos objetivos da ergonomia, evitando a sobrecarga da função de algum membro do corpo, acarretando danos futuros, como o posicionamento do tronco e dos pés, mas pensar em ergonomia vai além da promoção de um ambiente adequado para o corpo. É preciso que este ambiente seja agradável, confortável e, se possível, com um design diferenciado, pois todos esses fatores influenciam diretamente na produtividade. Neste cenário, a mobília é um dos fatores mais importantes e determinantes, pois é sobre as mesas e cadeiras que o trabalho será desempenhado.

Para pensar uma mobília adequada à ergonomia, é importante analisar as possibilidades de adaptação, pois pessoas diferentes podem vir a utilizá-la. Para as cadeiras, por exemplo, uma dica é analisar se há regulagem de altura, um encosto para as costas e apoio para os braços. As mesas não devem ser muito altas e os equipamentos devem acompanhar a altura da visão.

O Ministério do Trabalho, inclusive, possui uma norma (NR-17), vinculada à Segurança e Medicina do Trabalho, que regulamenta condições de ergonomia dentro das empresas, como transporte de materiais, equipamento e inclusive o mobiliário.

A ArqOffice soluções corporativas, que trabalha há 16 anos com móveis planejados , explica que a criação de um móvel precisa estar embasada em sua aplicabilidade, ou seja, o resultado final deve contemplar às necessidades. “Buscamos sempre aliar o design e o conforto a um produto que seja funcional e permita um ambiente de trabalho mais adequado”.

A Norma Reguladora também especifica condições para determinadas funções, como Operadores De Checkout e Teleatendimento/Telemarketing que incluem a mobília, entre elas, as condições das mesas e cadeiras, que além de tamanhos específicos, pedem estofados e regulagem. No geral, a regulamentação trata das condições do ambiente de trabalho e da sua organização, de modo a adequar o conforto e a segurança a um trabalho mais produtivo. A ideia da ergonomia é proporcionar menos esforço físico, e até mesmo mental, nas atividades do dia a dia, proporcionando melhor qualidade de vida.

Além da adequada disposição da mobília, realizar alongamentos durante o dia, conhecidos como ginástica laboral, permitir pequenos intervalos entre as tarefas e ficar atento à iluminação do espaço de trabalho também são dicas que podem contribuir.

Website: https://www.arqofficepoltronas.com.br/

 

https://www.terra.com.br/noticias/dino/tecnicas-de-ergonomia-garantem-maior-produtividade-nas-empresas,c1edc368c2865206c5bb9f64865cbec66dlh8kx1.html

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique Também

Close
Close