IncêndiosMercado e Tecnologia

3 dicas para evitar incêndios em galpões logísticos

Especialista orienta empresários em como preservar estruturas corporativas no setor

 Nas últimas semanas grandes incêndios afetaram galpões logísticos pelo País. Os recentes casos levantam uma importante questão a este assunto: por qual motivo esses locais, que normalmente atendem a legislação de incêndio têm sofrido com incêndios de grandes proporções?

O especialista Marcelo Lima, diretor geral do ISB (Instituto Sprinkler Brasil) aponta três pontos essenciais para que a preservação de galpões de logística seja mais efetiva em eventuais focos de incêndio:

  1. Instalação de sprinklers (chuveiros automáticos)

Em casos de princípios de incêndio, a utilização adequada de sprinklers pode garantir mais segurança física, patrimonial e financeira. Por ser acionado de forma automática em um incêndio, evita ou minimiza os prejuízos e diminui de forma significativa o risco de morte.

“Estudos internacionais revelam que a taxa de mortalidade em eventos deste tipo é 87% inferior quando as instalações afetadas contam com sistemas de sprinklers”, revela Marcelo. 

  1. Realizar inspeção e manutenção periódica

A inspeção e a manutenção periódica são necessárias porque indicam as condições reais de funcionamento do sistema de proteção contra incêndio e podem apontar, em tempo, eventuais falhas existentes, evitando a “falsa sensação de segurança” de quem pode vir a precisar dele.

“É muito comum o proprietário ou a administradora instalar o Sistema de Proteção Contra Incêndio nos galpões e depois não cuidar dele. O principal problema nos grandes incêndios vem da falta de manutenção e isso é um desperdício de investimento”, explica Lima.

  1. Ficar atento às mudanças que acontecem nos depósitos

O Sistema de Prevenção Contra Incêndio em um galpão é determinado por meio da carga de incêndio, ou seja, com base em tudo o que tem potencial de queimar no local. Portanto, sempre que acontecerem alterações como, por exemplo, diversificação do tipo de produto, quantidade armazenada, assim como o aumento da altura das prateleiras para estocagem, entre outras questões, é necessário que o sistema seja readequado.

“O correto é que locais que armazenam produtos de diversas categorias devem ter seu Sistema de Prevenção Contra Incêndio projetado para a maior carga de incêndio”, conclui o especialista.

Sobre o ISB (Instituto Brasileiro Sprinkler) 

O Instituto Sprinkler Brasil (ISB) é uma organização sem fins lucrativos que tem como missão difundir o uso de sprinklers – também conhecidos como chuveiros automáticos – nos sistemas de prevenção e combate a incêndios em instalações industriais e comerciais no País. Fundado em 2011, o ISB defende o uso desta tecnologia como a medida mais eficaz de evitar perdas humanas e materiais.

 

 

http://jornaldiadia.com.br/2016/?p= 422932

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close