Leis e NormasPAT

Saco de cimento diminui de tamanho para evitar acidente de trabalho

Acordo assinado entre o Ministério Público e empresas prevê reduzir pela metade o peso da embalagem; indústria tem 10 anos para se adaptar aos novos padrões

Empresas se comprometem a reduzir para 25 kg as embalagens de cimento; hoje, a indústria trabalha com sacos de 50 kg (Amit Dave/Reuters/VEJA)

O peso do saco de cimento vai diminuir pela metade. É o que prevê termo de compromisso assinado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT)  com empresas cimenteiras nesta segunda-feira, 18. O acordo foi ratificado por 33 produtoras de cimento e pelo procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Fleury, além do presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), do Sindicato Nacional da Indústria do Cimento (SNIC) e da Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP).

Pelo acerto, as empresas se comprometem a reduzir para 25 kg as embalagens de cimento. Hoje, a indústria trabalha com sacos de 50 kg. O prazo para os fabricantes se adequarem à nova regra é até 31 de dezembro de 2028. A partir dessa data, os pacotes mais pesados somente poderão ser produzidos para exportação. As empresas também se comprometeram a suspender a comercialização de sacos de cimento com peso acima dos 25 kg, a partir de 1º de janeiro de 2029, mesmo que ainda exista material em estoque.

 

Saco de cimento diminui de tamanho para evitar acidente de trabalho

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close