Emily SobralIncêndios

4º. encontro da Abendi prepara profissionais em atmosferas explosivas

Legenda: É preciso competência para proteger instalações com atmosferas explosivas (Foto Pixabay)

Por Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

As pessoas que trabalham em ambientes industriais com atmosferas explosivas precisam ser protegidas para que não sofram acidentes, e é responsabilidade das empresas promoverem as medidas de proteção aos riscos. Os profissionais que elaboram os estudos de classificação de áreas devem ser capazes de cumprir com o que oferecem às empresas que os contratam. Ou seja, a garantia de que todos os locais da unidade industrial foram devidamente classificados em zonas (0,1 e 2), pois compõem-se de misturas de substâncias combustíveis possíveis de causar explosões. Assim, as medidas de prevenção propostas só podem ser elaboradas por especialistas em equipamentos e instalações em atmosferas explosivas.

A complexa ação técnica a ser executada em cada caso específico não pode ser entregue a especialistas de araque. Se há um ambiente na fábrica que acumula produtos inflamáveis devido à operação, este precisa ser estudado por quem entende do riscado. Afinal, o resultado do plano de proteção às ameaças explosivas deve ser eficaz, eliminando-as ou pelo menos reduzindo-as.  Mas para estar apto a oferecer um projeto de prevenção em áreas classificadas, o profissional precisa passar por constante processo de atualização e até certificação das chamadas ‘competências pessoais “Ex”. No Brasil, a Abendi (Associação Brasileira de Ensaios Não Destrutivos e Inspeção) é um organismo de certificação de profissionais nessa área. A Abendi, por meio de seu Sistema Nacional de Qualificação e Certificação (SNQC) até hoje já emitiu mais de 100 certificados sobre competências pessoais “Ex”, envolvendo as unidades de competências, e é com esse propósito que a associação promove seus encontros anuais.

Este ano, a Abendi realizará nos dias 28 e 29 de agosto, em São Paulo, seu 4º Encontro sobre Certificação de Competências Pessoais em Atmosferas explosivas. O evento dará mais um passo para equiparar as informações sobre a segurança ao longo do ciclo total de vida das instalações “Ex”, bem como dos requisitos de treinamento, qualificações, competências e certificações dos profissionais envolvidos com atividades em projeto, montagem, inspeção, manutenção e reparos de equipamentos e instalações elétricas, de instrumentação, de automação, de telecomunicações e mecânicas em áreas classificadas.

“Acho importante a preocupação de uma entidade como a Abendi, para que todas as dúvidas relacionadas aos requisitos de competências pessoais “Ex”, aplicáveis aos profissionais e às empresas de prestação de serviços envolvidos com atmosferas explosivas sejam levantadas e esclarecidas”, afirma Paulo Raña, engenheiro e representante da empresa espanhola ADIX, especializada na prevenção de explosões e proteção de pessoas e ativos. Para ele, a classificação de áreas, envolvendo projeto, montagem, testes, inspeção, manutenção, reparos e auditorias de equipamentos e instalações “Ex”, deve ser executada por gente capacitada, em prol da segurança dos trabalhadores. “É imprescindível avaliar a área que realmente tem potencial explosivo para saber protegê-la”, conclui.

 

 

Emily Sobral

Jornalista em SST
(11) 4238-1955 / 99655-0136
www.segurancaocupacionales.com.br

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close