IncêndiosMercado e Tecnologia

Usina Colombo Inaugura Central de Monitoramento de Incêndios

A Usina Colombo inaugurou, na manhã de ontem, a Central de Monitoramento de Incêndios. O objetivo é combater qualquer foco de incêndio em todos os pontos monitorados pela central. A nova sala de serviços apresenta o que é de mais moderno no mercado mundial de sistemas de combate a incêndios.
A solenidade de inauguração aconteceu na manhã de ontem (22) na sede da Usina Colombo, em Santa Adélia e contou com a presença da diretoria, autoridades florestais, prefeitos da região e imprensa.
Segundo o diretor agrícola Sidinei Colombo, a indústria já fazia o monitoramento, mas agora terá maior agilidade para inibir e socorrer o atendimento a focos de incêndios independentes das proporções.
“Antes já fazíamos esse serviço, apesar deste ano ser um ano muito seco, conseguimos reduzir pela metade os focos de incêndio. Estamos cuidando para que agora menos focos de incêndios aconteçam. Queremos que agora tenhamos uma comunicação sincera, verdadeira com todos e que a população saiba que temos esse serviço de segurança e prevenção. As soluções são para todos, não só para nós. Fogo não faz bem para ninguém”, diz Colombo.
O engenheiro florestal Bruno Segura da Cruz acrescenta que a empresa tem a preocupação com o meio ambiente e o novo sistema prevê o índice de probabilidade de incêndio antes de ele acontecer.
“Na hora detectaremos o incêndio e já teremos como ver a proporção dele. Acontece muito fogo em lixão, mas se for um incêndio em mata, cana, laranja, teremos como ver e imediatamente acionar os meios competentes”, informa o engenheiro florestal.
São quatro câmeras de trabalham dia e noite na central. “Cada câmera tem um raio de 15 quilômetros. Temos 92% de cobertura nesta área. Temos uma em Nova Cardoso, distrito de Itajobi. Itápolis entre Itajobi. Outra em Santa Adélia e outra em Tapinas divisa com Itápolis. O objetivo é detectar o incêndio o mais rápido possível. A velocidade de operação que combate o incêndio o mais rápido possível será acionada. Só a usina tem cerca de 20 bombeiros e está equipada com caminhões para atender as demandas”, constata José Luís Menossi, gerente agrícola.
A central funciona 24 horas por dia, os 30 dias do mês, ininterruptamente.

Karla Sibro
Da Reportagem local

 

https://oregional.com.br/cidades/usina-colombo-inaugura-central-de-monitoramento-de-incendios/

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close