Emily SobralPAT

Sem estresse com a NR 12, que trata das máquinas

Por Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Desde que a nova Norma Regulamentadora 12, que dispõe sobre segurança no trabalho com máquinas e equipamentos, foi publicada há cinco anos, muitas discussões foram geradas, especialmente entre o empresariado e o governo, que fazem parte da comissão tripartite, juntamente com os trabalhadores.

Como o final de ano não é período para alimentar hostilidades, destaco hoje algumas ações de prevenção para manter o maquinário das indústrias sem grandes riscos aos empregados. Primeiramente, a empresa deve montar um plano anual de manutenção eficaz e ao mesmo tempo de custo acessível. Um bom plano de manutenção industrial combate o excesso de paradas e ocorrências de acidentes de trabalho. A manutenção prévia dos equipamentos evita prejuízos. Uma criteriosa avaliação técnica do equipamento já em uso revela que o mesmo pode ser reparado e continuar com boas condições de trabalho, sem oferecer riscos para qualidade ou segurança da indústria. Com bastante frequência, o conserto de máquinas poupa a empresa de longas paradas, é feito no próprio local onde o equipamento se encontra, e tem boas garantias oferecidas pelo prestador de serviço ou fornecedor do produto utilizado no reparo.

A manutenção é a preventiva, que visa evitar as falhas e quebras de componentes de equipamentos, na qual se obedece o tempo de troca de peças e os reparos sugeridos pelos fabricantes das máquinas..

A escolha de fornecedores e prestadores de serviço de manutenção deve ser feita de forma racional. Com a seleção correta dos parceiros que realizarão a manutenção, as indústrias irão garantir maior qualidade em seus produtos, maior produtividade e melhor segurança aos seus trabalhadores. É isso que conta, não é mesmo?

 

http://www.segurancaocupacionales.com.br

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close