IncêndiosMercado e Tecnologia

O sistema de treinamento de fogo em compartimento da Dräger chega ao Espírito Santo

“Vidas alheias e riquezas salvar.” Cumprir essa missão com segurança e eficiência exige conhecimento teórico e muita prática. O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Espírito Santo sai na frente e investe no Swede Survival, um sistema de treinamento de fogo em compartimento da Dräger, multinacional alemã líder global nos campos da tecnologia médica e de segurança.

As corporações capixaba e paulista são as únicas da América Latina a contar com um simulador de incêndio tão avançado. Especialistas sugerem que treinamentos realizados nessas galerias equivalem a três anos de experiência em combate ao fogo nas ruas.

Por ocorrerem em espaços confinados, os treinamentos se aproximam demais das ocorrências reais: calor excessivo, muita fumaça, perda de visibilidade e fenômenos extremos do fogo. No entanto, em todo o processo, segurança é palavra-chave. “Hoje, muitos profissionais realizam suas formações práticas em contêineres simples, sem qualquer certificação, e ficam sujeitos a riscos sérios”, alerta Adriano Morelli, Gerente de Marketing do segmento Segurança da Dräger. E completa: “O Swede Survival tem certificação internacional e é totalmente controlável no que se refere à simulação do incêndio, garantindo a integridade física dos participantes.”

Vinte bombeiros do Espírito Santo estão sendo capacitados no simulador da Dräger. O treinamento completo tem 80 horas de duração.

A estrutura disponível

O Corpo de Bombeiros do estado adquiriu quatro módulos de treinamento. O primeiro visa ampliar o conhecimento sobre o comportamento do fogo, identificando, sobretudo, os sinais de advertência de um flashover (quando o fogo se alastra do chão ao teto).

No segundo, os bombeiros desempenham papel mais ativo no reconhecimento das condições de incêndio e treinam medidas para controle dos gases aquecidos, com ênfase na ventilação hidráulica.

O terceiro tem por base a observação com referência aos sinais externos de um backdraft (explosão de fumaça após a entrada de ar adicional) pendente. E o último permite adquirir conhecimento sobre as complexidades inerentes às situações de incêndio estrutural abrangendo focos múltiplos e diferentes pisos.

No Dräger Swede Survival, paredes e tetos são revestidos com material de isolamento para altas temperaturas (que podem chegar a 1.400ºC) e protegidos por uma camada soldada com aço de bitola 8; assim, garante-se a integridade estrutural dos contêineres ao longo de muitas centenas de evoluções de treinamentos.

Sobre a Dräger

Fundada no ano 1889 na cidade de Lübeck, na Alemanha, a Dräger é hoje líder internacional nos campos da tecnologia médica e de segurança. “Tecnologia para a Vida” é seu princípio-guia: suas soluções inovadoras protegem, apoiam e salvam vidas. O portfólio de produtos da divisão Hospitais abrange estações de anestesia, ventiladores mecânicos, focos cirúrgicos, estativas, equipamentos de monitorização, soluções de TI e acessórios e consumíveis.

A divisão Segurança, por sua vez, oferece sistemas fixos e móveis de detecção de gás, proteção respiratória, equipamentos de combate a incêndio e detectores de álcool e drogas. Em 1979, abriu capital, mas não deixou de ser uma organização familiar – agora, com a quinta geração no controle.

Com sede em Lübeck, a Dräger está presente em mais de 190 países e tem aproximadamente 13 mil colaboradores em todo o mundo. No Brasil, onde se instalou em 1953, atuam cerca de 200 colaboradores em diversos estados, sendo sua sede em Barueri, na Grande São Paulo.

Dräger. Tecnologia para a Vida.®

Informações para a imprensa

Assessoria de Comunicação da Dräger – Expressão ID

Vanessa Domingues: (19) 9-8301-0201 | vanessa.domingues@expressaoid.com.br

Fabiane Giusti: (11) 9-9747-6710| fabianegiusti@outlook.com

 

 

 

http://jornaldiadia.com.br/2016/

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close