Leis e NormasPAT

Os coletores transportadores de resíduos de serviço de saúde

Equipe Target

NBR 14652 de 01/2019: os requisitos dos coletores transportadores de resíduos de serviço de saúde

A NBR 14652 de 01/2019 – Implementos rodoviários — Coletor transportador de resíduos de serviços de saúde — Requisitos de construção e inspeção estabelece os requisitos mínimos de construção e de inspeção dos coletores transportadores de resíduos de serviço de saúde.

Pode-se definir um coletor-transportador de resíduos de serviços de saúde como aquele construído especificamente para a coleta e o transporte de resíduos de serviço de saúde, tendo como principal característica possuir caixa fechada e estanque. O coletor deve ter superfícies internas lisas, de cantos arredondados de forma a facilitar a higienização, e não permitir aderência de recipientes contendo resíduos na superfície interna do veículo.

O coletor deve ser estanque, contendo dispositivo de segurança para coleta de eventuais vazamentos de líquidos com capacidade mínima de 1% do volume total do compartimento de carga, obrigatoriamente deve possuir dreno estanque, de forma a não permitir qualquer contato manual durante o procedimento de escoamento.

O coletor deve operar com técnicas que garantam a preservação das condições de acondicionamento e a integridade dos trabalhadores, da população e do meio ambiente, devendo estar de acordo com as orientações dos órgãos de limpeza urbana, conforme legislação vigente e suas sucedâneas. Os resíduos devem ser acomodados de modo a garantir a integridade física das embalagens, conforme as NBR 9191 e NBR 13853-1.

O equipamento deve estar equipado com sistema de fechamento, provido de trava de acionamento rápido, tipo grampo ou similar, no compartimento de carga, de forma que impeça o contato com o resíduo coletado. O equipamento deve ser dotado de dispositivo de basculamento que permita a carga ou descarga dos resíduos.

Para o sistema de carga manual, o equipamento deve possuir abertura que permita o acondicionamento dos resíduos, respeitando a integridade de suas embalagens, no interior da caixa de carga. Para o sistema mecânico, o equipamento que possuir dispositivo de basculamento deve permitir que a carga do contentor seja transferida para a caixa de carga, respeitando a integridade de suas embalagens.

Para o sistema de descarga manual, o equipamento deve possuir abertura que permita a retirada dos resíduos do interior da caixa de carga, respeitando a integridade de suas embalagens. A operação deve ser realizada por meio de técnicas que garantam a preservação das condições de acondicionamento e a integridade dos trabalhadores, da população e do meio ambiente devendo estar de acordo com as orientações dos órgãos de limpeza urbana conforme legislação vigente. Para o sistema mecânico, o equipamento deve possuir sistemas mecânicos ou hidráulicos, que permitam a descarga total dos resíduos do seu interior, respeitando a integridade de suas embalagens.

A operação deve se dar utilizando-se técnicas que garantam a preservação das condições de acondicionamento e a integridade dos trabalhadores, da população e do meio ambiente, devendo estar de acordo com as orientações dos órgãos de limpeza urbana, conforme a legislação vigente. Os veículos coletores devem ser inspecionados antes de serem colocados em uso. A validade da inspeção é de 12 meses, devendo ser refeita periodicamente a cada término deste prazo.

A inspeção perde a validade quando o coletor: deixar de atender às condições estabelecidas nesta norma; for modificado estruturalmente ou tiver suas dimensões alteradas; for transferido de um chassi para outro; sofrer acidente de qualquer proporção, que tenha provocado dano estrutural no equipamento. A validade da inspeção deve ser cancelada se for constatado o surgimento, reaparecimento ou evolução de irregularidade que comprometa a segurança e/ou o desempenho do coletor.

O dispositivo para coleta de vazamento interno deve estar em perfeitas condições, bem fixado, sem apresentar corrosão, furos, trincas ou qualquer condição que comprometa sua finalidade. Todos os elementos de fixação devem estar presentes e não soltos. O sistema do compartimento de carga deve estar operando normalmente, sem apresentar folgas, trincas ou corrosão que comprometam o seu funcionamento. Todos os elementos de fixação devem estar presentes e não soltos.

O dispositivo de basculamento para contentores deve estar operando normalmente, bem fixado, sem apresentar folgas ou vazamento. Todos os elementos de fixação e as alças de movimentação devem estar em perfeitas condições. A velocidade de operação deve ser compatível com a aplicação, garantindo o sincronismo do equipamento, para que não haja lançamento de resíduos para fora da caixa de carga.

O sistema de carga e descarga mecânico deve operar sem apresentar folgas e/ou vazamento nos cilindros e mangueiras que comprometam o seu funcionamento, se aplicável. As mangueiras não podem apresentar fissuras, dobras, vincos, nem estar em contato com partes móveis, se aplicável.

No sistema manual, a carga e a descarga podem ser realizadas com ou sem o auxílio de sistema de plataforma hidráulica, de acordo com todas as condições de segurança e higiene, conforme legislação vigente. O assoalho do coletor não pode apresentar desgaste e deformação acentuados, furo ou corrosão. A tampa traseira, guias, pinos, articulações e sistemas de vedação não podem apresentar folga ou desgaste que comprometam seu funcionamento, se aplicável, conforme NBR 13332.

O coletor deve estar bem fixado ao chassi do veículo e todos os elementos de fixação devem estar presentes, sem apresentar folgas ou trincas, se aplicável. Demais dispositivos, mecanismos e componentes não previstos nesta Norma, devem atender às normas específicas, se houver, estar em perfeitas condições e em funcionamento.

FONTE: Equipe Target

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique Também

Close
Close