Emily SobralPAT

Ferramentas manuais: tão simples e perigosas

Por Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Há inúmeras ferramentas manuais que fazem parte do labor diário de trabalhadores. Alicates, arcos de pua ou de serra, chave de aperto, inglesa ou ajustável, chaves de fenda, cortador de pisos, espátulas e estiletes são alguns dos instrumentos mais ‘populares’ utilizados pelos trabalhadores operacionais. Apesar de apetrechos de uso manual, sem sistema elétrico ou de automação, podem causar graves acidentes de trabalho. Por exemplo: falta de manutenção, péssimas condições, defeito e até mau uso por parte do empregado podem levar a incidentes.

Portanto, é indispensável que a empresa proporcione treinamentos aos empregados para que a atualização seja a mais adequada possível. Outro aspecto preventivo contra acidentes é a escolha do instrumento durante a compra. Deve-se observar a procedência e qualidades desses itens, assim como a necessidade de uso dos equipamentos de segurança individual como óculos e luvas de proteção. Contra acidentes, deve-se também conferir método de trabalho, eliminar improvisação e manter-se concentrado durante o uso.

Por fim, planeje o trabalho que será executado com as ferramentas manuais.

 

 

www.segurancaocupacionales.com.br

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close