PATSaúde Ocupacional

Cinco em cada 100 pessoas tiveram recentemente um acidente de trabalho no Luxemburgo, quando a média já foi de 20 em cada 100. Os acidentes laborais têm custado 220 milhões de euros por ano à associação de seguros de acidente.

A média de acidentes de trabalho no Luxemburgo é de 20 mil por ano, ou seja, perto de cinco pessoas em cada 100. De acordo com os últimos dados apresentados no “Fórum Segurança e Saúde no Trabalho”, na passada semana, vinte e uma pessoas morreram no ano passado, na sequência de acidentes de trabalho, mas a taxa de frequência de acidentes tem estado a baixar. Em 2014 era de 5,3%, descendo para 4,8% em 2017.

O diretor executivo da associação de seguros de acidente, Georges Wagner, um dos organizadores do fórum, explicou à Rádio Latina esta diminuição da taxa de frequência de acidentes.

O fórum foi organizado no âmbito da estratégia nacional VISION ZERO, uma iniciativa lançada em 2016 pela associação de seguros de acidente, pela União das Empresas Luxemburguesas e pelo instituto nacional para o desenvolvimento sustentável e responsabilidade social das empresas, com o objetivo de reforçar a segurança e a saúde no trabalho.

Seis ministérios e três sindicatos aderiram à estratégia nacional. Quanto às empresas, 170 aderiram com o objetivo de reduzir os acidentes de trabalho.

Os acidentes de trabalho custam à associação de seguros de acidente 220 milhões de euros por ano, refere Georges Wagner.

Além da estratégia VISION ZERO, a associação de seguros de acidente introduziu este ano o sistema “bonus-malus” para as empresas, que regula o prémio do seguro, tal como acontece com o seguro automóvel. O objetivo é diminuir os acidentes laborais nas empresas.

https://www.wort.lu/pt/luxemburgo/acidentes-de-trabalho-est-o-a-diminuir-mas-custam-220-milh-es-as-seguradoras-5ca32597da2cc1784e3411e7

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close