IncêndiosMercado e Tecnologia

Corpo de Bombeiros implementa Sistema de Projeto de Prevenção e Combate Incêndio e Pânico mediante plataforma digital

Em Patos de Minas, A partir do dia oito de abril de 2019 todas as inscrições e alterações serão feitas pelo Infoscip.

Assessoria de comunicação do 12º Batalhão de Bombeiro Militar

A partir do próximo dia oito de abril de 2019, os técnicos responsáveis pelos Projetos de Prevenção e Combate Incêndio e Pânico em Patos de Minas, Patrocínio, Paracatu e Unaí deverão submeter as solicitações de modificações e projetos por meio digital ao 12º Batalhão de Bombeiros Militar em Patos de Minas/MG. Trata-se de implantação do Infoscip – Sistema de Projeto de Prevenção e Combate Incêndio e Pânico. A partir de então, não serão aceitos mais projetos impressos. “A ideia é desburocratizar todos os processos, algo que tem acontecido com muita eficiência na administração pública. Estamos buscando simplificação e otimização dos recursos. Além disso, Patos de Minas está inserida na Campanha Mundial das Nações Unidas, Construindo Cidades Resilientes, minha cidade está se preparando, e devemos estar mais preparados e com as melhores tecnologias de informação para o cidadão, nos parâmetros de cidades inteligentes”, coloca o Capitão BM Arthur Fábio Ferreira.
Segundo ele, os benefícios são tanto para o responsável técnico quanto para os militares. “O próprio responsável técnico pode dar entrada no projeto. Lá no manual do RT estão todas as documentações necessárias para ele dar entrada”, diz. O documento de orientação e mais informações sobre a plataforma estão disponíveis no https://www.prevencaobombeiros.mg.gov.br.

O comandante do pelotão de Prevenção e Vistoria, 2º Tenente BM Inivaldo esclarece que os projetos que foram entregues fisicamente não terão que ser submetidos novamente em plataforma digital. “Os que já estão com a gente não precisam ser reinscritos, mas a partir do dia oito os formulários solicitando mudanças serão ser feitos digitalmente, mesmo que aos projetos que estejam impressos aqui”.
O Pelotão de Prevenção e Vistoria conta com alto número de PPCIP a serem avaliados e espera que o prazo de 30 dias de resposta reduza com o sistema. “São aproximadamente 30 projetos em análise, sem falar nas vistorias que estão em andamento. A partir de então toda a análise será feita pelo sistema e as vistorias também, por meio de tablete. Assim o AVCB pode ser liberado na hora. Isso é um grande ganho”.
Tanto os militares quando responsáveis técnicos passaram por um treinamento para utilizar o sistema. “Os responsáveis técnicos podem acessar o manual no próprio site. Leiam e tenham contato com o sistema para que eles saibam utilizar a plataforma”, recomenda.

 

 

https://www.patosnoticias.com.br/noticia/23036-corpo-de-bombeiros-implementa-sistema-de-projeto-de-prevencao-e-combate-incendio-e-panico-mediante-plataforma-digital

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close