ArtigosPAT

Segurança e Saúde no Trabalho

MANUEL SOUSA

O dia 28 de abril é comemorado em todo o mundo como Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho – uma forma de homenagear as vítimas de acidentes de trabalho e doenças profissionais.

Em Portugal, a Assembleia da República, através da Resolução n.º 44/2001, instituiu oficialmente o dia 28 de abril como “Dia Nacional de Prevenção e Segurança no Trabalho”, recomendando ao Governo, no âmbito das respetivas comemorações, a realização de campanhas de informação, formação e prevenção com o objetivo de reduzir os acidentes de trabalho e as doenças profissionais.

Em 2019, a Organização Internacional do Trabalho escolheu como tema da campanha do Dia Mundial para a Segurança e Saúde no Trabalho: “Segurança e Saúde e o futuro do trabalho”.

A Organização Internacional do Trabalho chama a atenção para a necessidade de serem implementados sistemas de gestão da segurança e saúde no trabalho eficazes nas empresas, de modo a reduzir os custos associados aos acidentes de trabalho e às doenças profissionais e evitar a diminuição da qualidade de vida dos trabalhadores.

O Hospital de Braga tem implementado e certificado um Sistema de Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho de acordo com a norma OHSAS 18001 desde 2015, tendo sido o primeiro Hospital do País a obter essa certificação. O Hospital de Braga tem como preocupação a redução do número de acidentes de trabalho e a exposição ao risco (por exemplo risco ergonómico) e por consequente a melhoria dos índices de sinistralidade e o bem-estar físico e mental do colaborador. Neste sentido, destaca-se a colaboração dos responsáveis dos vários Serviços na identificação das ações corretivas/preventivas a implementar, a par com as ações de sensibilização e ações de formação para o sinistrado. Importa ainda referir que o resultado da investigação e análise dos acidentes de trabalho constitui um contributo importante para o planeamento e adaptação da formação a ser ministrada aos colaboradores, no sentido de garantir a prevenção dos acidentes de trabalho. Todos estes fatores constituem-se como fundamentais para a promoção da Cultura de Segurança no Hospital de Braga.

De uma maneira geral, os riscos ergonómicos no ambiente de trabalho são responsáveis pela maior parte das doenças ocupacionais. Muitas vezes, o colaborador permanece horas sentado realizando as mesmas atividades. Essa monotonia, somada ao sedentarismo e à alimentação desregrada, tão comum hoje em dia, comprometem o seu bem-estar físico e mental.

Com a evolução dos tempos, hoje temos elementos de risco ergonómico de elevada importância que são transversais a todas as categorias profissionais – os EDV – Equipamentos Dotados de Visor – que estão implicados no aparecimento de várias Lesões Músculo-Esqueléticas Relacionas com o Trabalho – as chamadas LMERT.

Quando se fala em meio hospitalar, regra geral, pensa-se apenas nas profissões de cuidados diretos ao doente (Médicos, Enfermeiros, Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica e Auxiliares). No entanto, para além destes profissionais, existem outros que estão igualmente expostos a diferentes riscos ergonómicos.

São fatores de risco ergonómicos em meio hospitalar, entre outros, a movimentação manual de cargas, transporte e mobilização de doentes, movimentos repetitivos, posturas inadequadas perante Equipamentos Dotados de Visor, monotonia e repetibilidade de tarefas, entre outros.

No entanto, este é um tema com alguma complexidade, pois a relação entre as LMERT e o trabalho nem sempre é estabelecida pela natureza do fator de risco, que está presente em muitas das tarefas do quotidiano do ser humano na atualidade. No entanto, no que toca à responsabilidade do Serviço de Saúde Ocupacional, independentemente da natureza do risco, a intervenção neste caso será sempre no sentido de não haver agravamento de lesões pré-existentes. É por isso, extremamente importante que as empresas disponham de mecanismos que contribuam para a saúde e segurança dos seus colaboradores.

 

https://www.diariodominho.pt/2019/04/26/seguranca-e-saude-no-trabalho/

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close