Mercado e tecnologiaSegurança patrimonial e eletrônica

Internet das coisas vai obrigar a números de telefones mais longos

O Japão tem em marcha o plano para lançar mais dez mil milhões de sequências de 14 dígitos que vão servir de número de telefone. O país irá esgotar as sequências de 11 dígitos em utilização atualmente dentro de dois anos.

O Ministério das Comunicações do Japão explica que a rápida adoção dos dispositivos de IoT, da Internet das Coisas, que têm de ter um número de 11 dígitos dedicado, quase esgotou os números disponíveis. Por outro lado, com o surgimento do 5G para o próximo ano, as autoridades preveem que se acelere ainda mais a adoção de mais números e que estes esgotem mesmo em 2022. Os dispositivos de IoT têm números começados por “020” e, dos 80 milhões de números disponibilizados em 2017, quase metade já estão em uso.

Assim o Japão colocou em marcha o plano de lançar mais dez mil milhões de sequências de 14 dígitos até 2021. A proposta do poder político já foi aceite pelas tês maiores operadoras do Japão: NTT Docomo Inc, KDDI Corp e SoftBack Corp.

O advento da Internet das Coisas e o surgimento de cada vez mais dispositivos destes vai fazer com que mais países possam vir a ter este problema. Desde 2008, há mais aparelhos conectados do que seres humanos no planeta e, em 2020, prevê-se que existam mais de 50 mil milhões de aparelhos.

 

http://exameinformatica.sapo.pt/noticias/mercados/2019-05-17-Internet-das-coisas-vai-obrigar-a-numeros-de-telefones-mais-longos

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique Também

Close
Close