NOTÍCIAS CORPORATIVASSegurança patrimonial e eletrônica

Aster e Coopermiti se unem em prol do correto descarte de lixo eletrônico

Mesmo bem intencionados, ao doar ou descartar equipamentos eletroeletrônicos sem os devidos cuidados, cidadãos podem estar, de forma inconsciente, contribuindo para um processo de contaminação em cadeia, com grandes impactos negativos para o meio ambiente e à saúde das pessoas, problema crescente na sociedade atual, cada vez mais adepta do uso intensivo de tecnologia.

dino

Com o objetivo de conscientizar as pessoas, a ação “Zelando Juntos” fica até 2 de junho no City Boaçava

São Paulo, SP,23/05/2019 –

É justamente pela convicção sobre a relevância crescente do assunto e a necessidade de se promover a consciência, educação e capacitação de todos os agentes da cadeia – produtores e consumidores de eletoeletrônicos, intermediários, entidades governamentais e recicladores – que a Aster e a Coopermiti se uniram numa iniciativa que deverá ter sequência e ser expandida nos próximos meses.

Até o próximo dia 2 de junho, a Praça Barão Pinto Lima, no City Boaçava, bairro localizado na Zona Oeste do município de São Paulo será palco de mais um ação do projeto “Zelando Juntos”, promovida pela Aster em parceria com a Coopermiti, com objetivo de conscientizar e educar o público para o correto descarte do lixo eletrônico que se acumula em casa.

Ao longo desse período, uma caixa devidamente identificada ficará disponível na praça para a coleta de equipamentos, com orientações completas sobre o que pode e o que não pode ser descartado durante a atividade.

A ação ocorre por ocasião da celebração ao Dia Internacional da Reciclagem, comemorado em 17 de maio, assim como aos 15 anos da Aster e aos 10 anos da Coopermiti, além da entrega à Aster do certificado ‘Selo Verde’ pela gestão ambientalmente consciente em todos os setores da empresa.

Sobre o lixo eletrônico

Com a adoção cada vez maior de tecnologia na vida da sociedade e a rápida evolução e obsolescência dos equipamentos, o consumo de produtos eletroeletrônicos e o consequente volume de lixo dessa natureza vêm crescendo significativamente ano a ano.

O Brasil é um dos países que mais gera resíduos eletrônicos no mundo. Dados da ONU revelam que dos quase 50 milhões de toneladas de lixo eletrônico produzidos anualmente no mundo, cerca de 1,4 milhões, que vêm a partir do setor da informática, são provenientes do Brasil. Segundo estimativas da ONU apenas 13% do lixo em geral é reciclado em todo o mundo. No Brasil, são somente 2%.

Aster. Um jeito diferente de fazer segurança.

A Aster é uma empresa de segurança e serviços terceirizados para condomínios residenciais e comerciais, com 15 anos de atuação no mercado e mais de 1.200 funcionários.

Por acreditar na importância de um ambiente tranquilo e seguro para viver e trabalhar, investe muito em tecnologia e em pessoas, já que inovação e comprometimento com segurança e bem-estar estão em primeiro lugar.

A ação vai ao encontro dos princípios da Aster. Para a empresa, “nenhum homem é uma ilha”, ou seja, de nada adianta as pessoas se trancarem em fortalezas cada vez mais intransponíveis e se isolarem dos problemas em seus espaços particulares, se não for possível zelar pela estabilidade e melhoria das condições sociais e ambientais do entorno.

A partir desse pensamento surgiu o projeto “Zelando Juntos”, que iniciou em 2017 com a realização e publicação – em conjunto com o Instituto Agires de Articulação Social -, de um estudo das áreas vulneráveis na Vila Leopoldina, Zona Oeste da cidade de São Paulo. Chamado “Zelando Juntos pela Vila Leopoldina, além do mapeamento dos pontos de fragilidade do bairro, o estudo apresentou propostas concretas de ações para melhoria da segurança na região (mais detalhes em http://www.aster.com.br/blog/seguranca-patrimonial/seguranca-vila-leopoldina).

Desta vez a ação será na City Boaçava para promover a educação e conscientização para o descarte correto do lixo eletrônico.

Segundo Fábio Fragoso, sócio-diretor da Aster, “pessoas, processos, tecnologia e consciência social e ambiental são os pilares do nosso trabalho, que fazem da Aster uma empresa de segurança, facilities e automação realmente diferenciada. O evento será mais uma oportunidade de conscientizarmos as pessoas sobre a importância do convívio social produtivo e ambientalmente correto”.

Coopermiti. Exemplo nacional e geradora de oportunidades.

Ao buscar um parceiro que tivesse comprovado know-how em coleta e reciclagem de equipamentos eletroeletrônicos para ajuda-la na realização da ação, a Aster se deparou com um trabalho do mais alto nível, digno de padrões internacionais, executado pela Coopermiti. “Ficamos bastante impressionados com o rigor com que a entidade executa seu trabalho em termos de protocolos, procedimentos e processos”, afirma Fábio.

A Coopermiti tornou-se um exemplo nacional de cooperativa especializada em reciclagem de lixo eletrônico, fazendo da atividade um negócio de importante impacto social. Seu Sistema Integrado de Gestão é certificado ISO 9001 e ISO 14001.

Segundo Cintia Pereira, gestora ambiental da Coopermiti, “nestes 10 anos de atividade foram capacitados 174 cooperados e coletados quase 2,5 mil toneladas de resíduos eletroeletrônicos. O descarte incorreto é o pior destino para esses equipamentos porque passam a ser perigosos quando expostos ao sol e a chuva, uma vez que podem liberar substâncias como Mercúrio, Cádmio, Cobre, Cromo, entre outros. Esta ação conjunta com a Aster visa promover a conscientização e educação ambiental para o aumento do descarte adequado dos resíduos eletroeletrônicos”.

Serviço
Projeto Zelando Juntos.
Data: até 02 de junho
Local: Praça Barão Pinto Lima – City Boaçava

Website: http://www.aster.com.br

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close