NOTÍCIAS CORPORATIVASPAT

O que esperam da área de RH na 4ª Revolução Industrial?

Dino

A 4ª Revolução Industrial é projetada em um cenário protagonizado pela Inteligência Artificial que ocupará o lugar dos seres humanos, antes responsáveis por atividades repetitivas e automáticas. E onde estarão esses trabalhadores substituídos? Serão realocados dentro da empresa? Quais serão as habilidades exigidas? Buscar respostas com antecedência é primordial, principalmente se o profissional for gestor de recursos humanos, uma vez que este estará no olho do furacão.

Segundo o relatório The future of jobs, elaborado pelo Fórum Econômico Mundial, mesmo que as máquinas assumam 75 milhões de cargos, serão geradas mais de 133 milhões de novas vagas. Outro ponto positivo é que 38% das empresas pesquisadas esperam estender o espectro de atuação de seus colaboradores à otimização de produtividade e funções de forma inovadora e, mais de um quarto, espera que a automação inspire a criação de novos papéis corporativos.

“Para se adaptar a esse complexo panorama inerente às empresas, é preciso que os CEOs quebrem paradigmas e valorizem as soft skills, como a neuroexpressão. Assim, nascerão projetos disruptivos que serão apresentados por pessoas persuasivas”, afirma Jeferson D’Addario, CEO do Grupo DARYUS, empresa 100% brasileira e líder em capacitação na área de gestão de riscos, segurança da informação e continuidade de negócios.

Tais expectativas poderão se concretizar pela atuação do RH, tendo em vista que os CEOs confiam cada vez mais no gestor dessa área para encontrar, gerenciar e desenvolver funcionários que terão potencial para alcançar os objetivos estratégicos da instituição, conforme o Relatório Becoming a World-Class CHRO, realizado pela Gartner, aponta.

A resposta para as perguntas iniciais é capacitar os colaboradores com competências que só os seres humanos podem desenvolver de forma plena. Rossana Carella, Neuroleader e Analista Comportamental, explica: “Precisamos trabalhar os aspectos comportamentais para fortalecer o poder de influência e autoanálise, bem como saber expressar as emoções de forma adequada e inteligente”.

Estas transformações desencadearão o desenvolvimento de habilidades humanas que facilitam a relação com o outro e permitem a cocriação com entusiasmo, empatia e inovação, gerando resultados para um bem maior, no caso, o da empresa, e sempre aproveitando ao máximo os potenciais tecnológicos.

Carella também ministra o curso de Neuroexpressão da DARYUS e como metodologia utiliza o teatro associado a técnicas de coaching que são efetivos nas frentes de projeção comportamental e desenvolvimento pessoal, respectivamente. “A partir dessas ferramentas, é possível alcançar um processo de ressignificação e, ao final, um novo modelo mental, em que o profissional tem controle sobre suas melhores habilidades”, define a professora.

Para lançar luz sobre esse tema de suma importância, a DARYUS promoverá o Workshop gratuito para público limitado com o tema: O Novo Milênio e a Gestão de Pessoas na Era da Informação 2019, com palestra de Rossana Carella e informações sobre um serviço exclusivo aos RHs das empresas em prol de ações transformadoras para as mesmas e seus colaboradores.

Workshop: O Novo Milênio e a Gestão de Pessoas na Era da Informação 2019

  • ONDE: Av. Paulista, 967 – 9º andar – Cerqueira César | São Paulo – SP
  • QUANDO: 24/07 (quarta-feira)

Website: https://conteudo.daryus.com.br/o-novo-milenio-e-a-gestao-de-pessoas-na-era-da-informacao-2019

Notícias para você

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close