IncêndiosLeis e Normas

Instituto Sprinkler Brasil e Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) firmam parceria em pesquisa

Acordo estabelece concessão de bolsa de estudo para desenvolvimento de projeto destinado a segurança contra incêndios

O Instituto Sprinkler Brasil (ISB) e a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) acabam de assinar um convênio que contempla a concessão de uma bolsa de estudos destinada à pesquisa na área de segurança contra incêndios. Mateus Buarque, mestrando em Engenharia Civil pela UFPE, foi o aluno selecionado para desenvolver o projeto “Dinâmica de Incêndio em Edificações”, com duração prevista de 24 meses. Por meio dessa iniciativa, as instituições acreditam que a ampliação de ofertas de bolsas e o incentivo à pesquisa possam melhorar a segurança contra incêndios em edificações no Brasil.

 

De acordo com Marcelo Lima, diretor geral do ISB, essa parceria com a UFPE traz à tona a importância de estudos de prevenção contra incêndios no país, especialmente em uma época de cortes orçamentários destinados à pesquisa e desenvolvimento. “Essa parceria pretende estimular novas iniciativas e trazer resultados significativos para a área de segurança contra incêndios. Estamos fazendo nosso papel, remando contra um cenário de cortes orçamentários. O ISB acredita que uma das maiores formas de prevenção acontece por meio da conscientização e estudos sobre o assunto, formando profissionais dedicados e com entendimento relevante sobre incêndios”, explica.

 

Segundo Anísio Brasileiro, reitor da UFPE, a celebração desse acordo procura trazer luz a um assunto de segurança pública. “A assinatura do convênio entre o Instituto Sprinkler Brasil e a UFPE é um marco, é um reconhecimento do instituto para com a competência da nossa Engenharia Mecânica, da nossa Engenharia Civil, da nossa Engenharia de Produção, no sentido de formar recursos humanos, mestres e doutores, e também com publicações, com livros que possam, na graduação, formar profissionais preparados para enfrentar um tema que, quando aparece, é um desastre social. Então, a questão do incêndio é uma questão estratégica de segurança, mas também de qualidade de vida, e essa é a missão da universidade púbica”, afirmou o reitor”.

 

 

“Queremos desenvolver métodos, do ponto de vista da engenharia para compreender o fenômeno físico do incêndio, para que a gente possa prevenir e entender melhor essa propagação dos incêndios em edificações”, explicou a professora Dayse Duarte, do Departamento de Engenharia Mecânica e uma das docentes à frente desta iniciativa.

 

Além dela, também são responsáveis pelo convênio os professores Tiago Ancelmo de Carvalho Pires de Oliveira (Departamento de Engenharia Civil) e Jeferson do Rego Silva (Departamento de Engenharia Civil).

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique Também

Close
Close