Emily SobralPAT

NR 28 já foi alterada e publicada: mais enxuta e no alvo

Por Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

No Brasil dos últimos governos, a agilidade dos políticos, combinada com o alto escalão de servidores públicos e diretores de estatais, era um fenômeno! A competência para a prática da corrupção e desvios era de dar inveja aos cidadãos que precisam de saúde, educação e segurança. No dia a dia dos setores produtivos, o anacronismo, a lerdeza e a burocracia prejudicavam trabalhadores e empresas.

Agora, a chave está virando, e quero acreditar que sim. Os que acompanham este blog já sabem que as normas regulamentadoras de saúde e segurança passam por revisão, para que seus textos fiquem mais claros, com menos subjetividade e mais compatíveis com a realidade brasileira. A nova NR 28, que trata de fiscalização e penalidades às empresas, foi publicada na semana passada. A norma antiga previa aproximadamente 6,8 mil possibilidades de multas. O texto atual é mais racional em relação às possibilidades de punição. Trechos que tratavam do mesmo assunto foram unificados, sem prejuízo aos trabalhadores ou à ação da auditoria fiscal.

As possibilidades de multa para todo o setor produtivo passaram para quatro mil.

 

Operação Mãos Limpas
por PREVENIR SEMPRE POD

www.segurancaocupacionales.com.br

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close