Emily SobralPAT

Trabalhe a distância com segurança contra os riscos ergonômicos

Por Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

O trabalho a distância foi regulamentado em 2017, quando começou a vigorar a nova lei trabalhista. O chamado home office é formalizado com o empregador via contrato, que deve fornecer equipamentos e gastos com energia e internet ao empregado. O controle do trabalho deve ser feito por atividade e não por horário.

O que mais interessa neste post é lembrar que a lei determina que o empregador deverá instruir os empregados sobre regras de saúde, ergonomia e de segurança do trabalho, que devem ser acatadas pelos trabalhadores. Assim, em seu ‘escritório’ em casa, o trabalhador deve saber que o computador pode ocasionar as Lesões por Esforços Repetitivos (L.E.R.). Portanto, as posturas erradas em frente ao computador devem ser evitadas. O melhor é prevenir e evitar problemas de saúde, especialmente conhecendo os recursos de ajuste da sua cadeira de trabalho.

Além disso, os cotovelos devem ficar à altura do tampo da mesa, mantendo o tronco ereto e as coxas formando o ângulo de aproximadamente 100 a 110 graus. Quando for escrever no computador, é melhor sentar mais para a extremidade anterior da cadeira. Os pés devem estar inteiramente apoiados. Procure ajustar a distância entre os olhos e o monitor do seu computador. O mouse deve estar posicionado junto ao teclado. Não se descuide das pausas, fazendo movimentos contrários aos que você faz no trabalho e alongamentos. Isso ajuda a evitar o stress a cada hora trabalhada.

 

www.segurancaocupacionales.com.br

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close