Emily SobralPAT

Tecnologia no ambiente fabril aumenta a segurança no trabalhador contra riscos de acidentes com equipamentos

Por Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

A tecnologia da chamada indústria 4.0, ou seja, ambiente de fábricas inteligentes, com sistemas que aumentam a produtividade e tomam decisões descentralizadas, contribuirão com a segurança do trabalhador? Em tese, sim, pois a tecnologia robótica melhora processos, automatizando a linha de produção e criando um ambiente laboral mais seguro. Para que a segurança seja possível no ambiente da indústria 4.0, portanto, deve-se pensar a automação desde o início do desenvolvimento do projeto, para que os conceitos de segurança sejam incorporados à automação das máquinas. Logo, é preciso distinguir entre os sistemas de automação que geram dados e os controles dos movimentos do maquinário. A segurança do equipamento faz a vigilância automática de seus movimentos ou a sua paralisação, no caso de acesso a uma área de risco.

Muitos setores industriais já conseguem aproveitar a oportunidade de melhorar sua produtividade e, paralelamente, segurança pela implementação da indústria 4.0. Para isso, deve-se investir em maquinários modernos, com sistema de automação baseados em normas técnicas. São os sistemas de segurança que farão a vigilância dos movimentos perigosos, especialmente os sistemas hidráulicos e pneumáticos. A segurança do trabalhador será mais efetiva se determinado maquinário que anteriormente era operado manualmente, passou a ser adequado a um novo método produtivo automatizado. Ao operar no processo automático, a velocidade de trabalho aumentará, sem a presença do operador em zonas de perigo.

 

  www.segurancaocupacionales.com.br

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close