PATSegurança Coletiva

Instalações elétricas: tudo o que você precisa saber para se tornar referência

Uma instalação elétrica é composta por equipamentos que tem a capacidade de permitir a transferência de energia elétrica, utilizando um gerador como fonte distribuidora.

 

Por isso, tanto o fornecimento de instalações elétricas quanto os serviços de locação de geradores estão diretamente ligados, sendo um complemento do outro. 

 

A utilização da energia elétrica pode ser definida como um conjunto formado por condutores elétricos, pelo isolamento elétrico assegurado por elementos isolantes, proteções mecânicas, químicas e elétricas, fixados em grupos separados por aparelhos de ligação, segundo o RSIUEE (Regulamento de segurança de instalações de utilização de energia elétrica).

 

As instalações elétricas podem ser definidas como: instalações elétricas industriais, instalações elétricas comerciais e instalações elétricas prediais. 

 

As instalações prediais possuem algumas diferenças, como a potência da energia e sua complexidade, e é sobre ela que falaremos a seguir. Confira!

Entenda o que são instalações elétricas prediais

Nas instalações elétricas prediais, que também podem são chamadas de instalações residenciais, o sistema que controla a rede é composto por interruptores para que sejam acendidas as lâmpadas.

 

A instalação é feita geralmente para que as tomadas e lâmpadas funcionem, além da luz geral do prédio, eletricidade dos elevadores e portões, ar condicionado e sistema de combate a incêndio.

 

Para utilizar instalações elétricas prediais, é importante obter um conjunto de proteções, condutores elétricos, painéis de controle e acessórios instalados conforme as normas técnicas específicas.

 

Para que tudo corra bem, é indispensável que seja feito um projeto de instalação elétrica. Com ele, as instalações elétricas prediais são mais eficientes e seguras. 


Essa segurança é responsável por uma imagem positiva, de um serviço de qualidade! Essa confiança é, na maioria das vezes, a responsável por tornar seu negócio uma referência. 

Saiba a importância dos projetos de instalação

Todos os projetos de instalações elétricas prediais são formados por tabelas com informações, símbolos das instalações elétricas e diagramas elétricos. O projeto consiste em reunir o máximo de informações possíveis para a instalação fluir da melhor forma.

 

Com isso, a segurança nas instalações é garantida, o que é um ponto muito importante. O projeto além de garantir estabilidade na energia também permite que as instalações sejam realizadas da maneira mais eficiente possível.

 

Isso é importante para o funcionamento dos aparelhos! Pois uma instalação mal planejada pode até fazer funcionar a tomada ou os interruptores. Porém, é possível que ao instalar um aparelho, como ar condicionado ou filtro de ar industrial, ocorram falhas na corrente.

 

Além do planejamento, o projeto e execução deve ser feito por profissionais qualificados. isso inclui não apenas pessoas preparadas, como também, colaboradores com uniformes profissionais especiais e outros EPI’s (Equipamentos de proteção individual) para isso.

 

As instalações elétricas na engenharia civil devem ser bem planejadas para evitar acidentes em residências, causados por falta de planejamento, eletricidade mal isolada ou feita com material inadequado para o tipo de instalação.

Evite problemas planejando sua instalação

Uma instalação bem feita evita problemas tanto para a estrutura quanto para as pessoas. Com ela, é possível proteger equipamentos, aumentam a segurança e evitar coisas inesperadas, como: curto-circuito, sobrecarga, sobretensão ou subtensão.

Curto-circuito

Um curto-circuito é causado por alguma deficiência na instalação, ocasionado por algum contato entre um condutor positivo e negativo. Acontece em locais cujo cabeamento seja mal isolado, e por algum motivo, os dois pólos acabam encostando um no outro. 

 

Em um curto-circuito, a corrente chega a valores extremamente elevados, causando perda de aparelhos elétricos e defeito em toda a fiação. O problema pode ser resolvido cortando rapidamente a fonte principal de energia e isolando os fios causadores do curto.

Sobrecarga e sobretensão e subtensão

A sobrecarga pode ser definida como o aumento da corrente, e sua característica é que acontece de maneira rápida, por motivo externo. Por outro lado, a sobretensão pode ser causada por um problema tanto externo quanto interno. 

 

No externo, a carga pode ultrapassar os valores normais como consequência de um raio nas linhas principais de energia. 

 

A interna, pode ser uma consequência de cortes bruscos na eletricidade ou defeito nas instalações. A subtensão é uma queda no valor de tensão elétrica, e pode ser uma medida de segurança para evitar excesso de tensão.

 

Utilizar bons componentes para uma instalação adequada e bem planejada evita problemas e traz segurança. Por isso, é importante se preocupar com a realização de um trabalho profissional e que utilize produtos de qualidade.

 

Com isso, além de evitar prejuízos como a perda de aparelhos ou a queda constante de energia, o ambiente fica mais seguro e elimina as chances de um problema elétrico interno. Esses detalhes são responsáveis por tornar seu negócio uma referência no meio das prestadoras de serviço de instalação. 

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close