PATSegurança Coletiva

Você sabe o que é manutenção predial?

Muito se tem falado sobre esse tipo de manutenção, mas pouco ainda se sabe sobre ela. Natural, uma vez que se trata de um ramo relativamente novo no país.

 

Trata-se da prática de cuidar de toda a infraestrutura de um edifício, o que significa cuidados com cabos elétricos, sistema hidráulico, incêndio e de segurança, além de comunicação e climatização.

 

Não é difícil perceber que se trata de uma tarefa que exige planejamento e recursos. E na proporção que se investe no primeiro item, menos se investirá no segundo.

 

Pensando nisso, preparamos este conteúdo para falar sobre o que é manutenção predial e como saber que está na hora de fazer em seu prédio. Confira!

O que é manutenção predial?

Manutenção predial é o ramo que cuida de toda a infraestrutura de uma edificação, por meio de serviços de reparos e consertos até vistorias periódicas para checar se tudo está funcionando bem.

 

Trata-se de ações de acompanhamento periódico dos sistemas prediais a fim de corrigir as falhas antes de chegarem em níveis críticos. É o popular “melhor prevenir do que remediar”.

 

Essa prática é a mais recomendada pois mantém a constância dos padrões de qualidade e desempenho, além de ajudar a reduzir custos.

 

Em geral, as despesas com falhas inesperadas, com paradas e riscos à segurança dos usuários, são mais altas do que o valor planejado no orçamento para serviços de manutenção preventiva.

Tipos de manutenção

Atualmente, existem 4 tipos de manutenção predial, são elas:

Conservação

Serviços de rotina, como limpeza, jardinagem e outros ajustes da operação do edifício feitos em pequenos intervalos de tempo.

Reparação

Ações preventivas ou corretivas para reparar algo antes de atingir a qualidade mínima aceitável.

Restauração

Intervenção corretiva para restaurar algo que já deu problema, chegando em nível de qualidade inferior ao mínimo aceitável, como o caso de vazamentos e queima de equipamentos.

Modernização

Troca ou ajustes visando recuperar qualidade de modo que ultrapasse o desempenho projetado inicialmente.

Entenda o que se deve fazer na manutenção predial e o motivo

A falta de manutenção predial representa prejuízo no bolso e, pior ainda, um risco para a saúde e segurança de moradores, no caso de um prédio residencial e seus frequentadores e usuários, no caso dos prédios comerciais.

 

Isso para não falarmos de toda a população, quando pensamos em prédios localizados em regiões centrais. Veja abaixo o que é importante estar atento na hora de fazer a manutenção predial:

Limpeza de calha

Em caso de chuvas fortes, pode haver vazamentos indesejados, caso as calhas não estejam bem limpas e desobstruídas. Muitas vezes, elas ficam no apartamento de cobertura dos condomínios e, mesmo assim, a limpeza deve ser providenciada pelo síndico para que não haja prejuízos.

 

Trata-se um serviço simples que só vai depender do tamanho do condomínio. Para evitar transtornos, o ideal é fazer a manutenção rotineira e preventiva das calhas mensalmente. Os próprios faxineiros do prédio podem dar conta disso.

Limpeza da caixa d’água

A limpeza da caixa d’água precisa ser feita duas vezes por ano. O ideal é programar este serviço para outubro e fevereiro. Desta maneira, os moradores terão água em boas condições durante o ano todo. Talvez seja necessário, também, fazer a impermeabilização da caixa d´água.

Limpeza da fachada

Em São Paulo, segundo o decreto-lei, as fachadas dos prédios visíveis de logradouros públicos deverão ser pintadas ou lavadas, em conformidade com os respectivos revestimentos, no mínimo a cada 5 anos, de modo a ostentarem adequadas condições estéticas.

 

O não cumprimento está sujeito à multa. Já Porto Alegre e Rio de Janeiro têm suas legislações específicas. O síndico precisa pesquisar sobre sua região para que realize este serviço conforme especificação local.

 

Lembre-se sempre também do cuidado das janelas, aplicando película de controle solar para que haja diminuição da incidência solar e do calor e tomando cuidado para que elas não se desgastam com o tempo.

Inspeção predial

Uma vez por ano, a inspeção predial precisa obrigatoriamente ser realizada, avaliando itens importantes da edificação como um todo. Quando houver necessidade de obras, programe-as para antes da inspeção, para que os defeitos ou eventuais problemas sejam resolvidos.

Para-raios

O laudo do para raio predial dura um ano, mas a recomendação é que o mesmo passe por uma inspeção a cada seis meses. A norma técnica que regulamenta o Sistema de Proteção Contra Descarga Atmosférica (SPDA) é a NBR 5419:2005.

 

Um dos itens da norma é sobre o atestado de medição ôhmica do Sistema, que deve ser realizado anualmente.

 

Porém, é necessário ficar atento já que este prazo para medição ôhmica varia conforme o tipo de edificação. E cada cidade tem códigos de obras específicos tratando do assunto.

Faça a manutenção predial regularmente

Como vimos neste conteúdo, a manutenção predial é de extrema importância para o bom funcionamento do prédio como um todo.

 

É necessário ter cuidados com cabos elétricos, sistema hidráulico, incêndio e de segurança, além de comunicação e climatização.

 

Além disso, é muito importante ser feita a manutenção preventiva, garantindo que todas as coisas estão funcionando perfeitamente.

 

Atualmente existe a manutenção de conservação, reparação, restauração e modernização, cada uma com sua particularidade.

 

Gostou das nossas dicas? Fique atento à manutenção do prédio e faça dele um excelente lugar para se estar.

 

 

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close