NOTÍCIAS CORPORATIVASSegurança patrimonial e eletrônica

Aplicativo se destaca por se preocupar com a segurança dos usuários fechando parceria com a Internet Watch Foundation

Dino

Em 2019, uma pesquisa mostrou que mais de 70% da população brasileira utiliza a internet para se comunicar com amigos, trabalhar, estudar etc. Além disso, cerca de 230 milhões de brasileiros têm smartphones em uso.

Ambos os números mostram como o país é altamente envolvido com a web e conectado. Por isso, empresas que atuam diretamente na internet se preocupam constantemente com a segurança dos serviços oferecidos para que nada afete aqueles que utilizam o produto.

Um bom exemplo disso é o LiveMe, uma plataforma de streaming na qual as pessoas podem transmitir seus próprios vídeos ou assistir o conteúdo de outras que estejam na rede. Com mais de 20 milhões de usuários utilizando o aplicativo ao redor do mundo, todos têm a oportunidade de fazer novas amizades, conhecer outras culturas e muito mais.

Para que toda a comunidade inscrita no LiveMe consiga evoluir sem preocupações, o LiveMe visa a proteção dos seus usuários de diversas formas. A empresa tem, por exemplo, regras rígidas e grandes parcerias internacionais para auxiliar na redução de possíveis problemas.

Regras do LiveMe

O LiveMe tem uma gestão mundial unificada com um regulamento claro e bem definido ao redor do mundo, tendo normas de bloqueio em caso de descumprimento. Além disso, a empresa também respeita algumas particularidades culturais de cada região em que está inserida, mas sempre seguindo preceitos que não prejudiquem o bem-estar dos usuários.

No Brasil, menores de 18 anos não podem usar o aplicativo, assim como é proibida a transmissão de vídeos que contenham álcool, fumo, drogas, conteúdo sexual ou de nudez, fotos sensuais e itens que remetam à violência (armas e facas, por exemplo). O regulamento também diz que atitudes como bullying e assédio não são permitidas.

Qualquer usuário do LiveMe pode denunciar caso presencie algum perfil ou atitude inadequada e, se constatado o problema, algumas sanções são tomadas. Dentre elas, há a remoção por três dias de um perfil da comunidade ou a expulsão definitiva em casos graves (como pornografia e apologia à violência). Nessas situações graves, todo o dinheiro ganho pelo usuário banido será retido devido ao uso indevido do app.

Parceria com a IWF

Em todos os países, o LiveMe sempre busca parcerias e inovações para a proteção da comunidade. Para melhorar ainda mais esse aspecto, a empresa se uniu recentemente à Internet Watch Foundation (IWF), tornando-se um membro do movimento que reforça o compromisso em manter a segurança de todos os seus usuários.

Ao participar da IWF, o LiveMe receberá diversos conselhos de especialistas no assunto. Susie Hargreaves OBE, CEO da IWF ressalta a importância desse trabalho destacando a importância de proteger crianças que utilizam a internet:

“A Internet não tem fronteiras, e é por isso que é tão importante trabalharmos juntos com o LiveMe para manter as crianças em todo o mundo seguras e garantir que não haja nenhum lugar onde o abuso infantil possa ser causado.”

Além disso, o LiveMe também terá a função de contribuir com outros empreendimentos do mesmo segmento para buscar alternativas conjuntas que inovem as políticas de segurança no setor. Assim, todos estarão em busca de uma comunidade on-line ainda mais segura para todos, como um porta-voz da empresa disse:

“O LiveMe tem orgulho de unir forças com a Internet Watch Foundation como mais uma linha de defesa entre nossos esforços líderes em segurança e confiança”

Sobre o LiveMe

O LiveMe é um aplicativo de transmissões ao vivo que está disponível em mais de 85 países ao redor do mundo. Fundada em 2016, a empresa se tornou bastante popular nos EUA, Arábia Saudita, Brasil etc. e foi nomeada pela Fast Company’s como uma das Empresas Mais Inovadoras em 2018.

Com todos esses números, o LiveMe alcançou enorme sucesso de público, tendo milhares de usuários produzindo cerca de 350 mil horas de conteúdo diariamente. Hoje, muitos deles ganham dinheiro com as suas transmissões e se sustentam inteiramente pelo aplicativo.

 

Website: http://www.liveme.com

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close