NOTÍCIAS CORPORATIVASPAT

Umidade alta leva prejuízos a indústria têxtil

Em seu processo de produção, o controle de umidade relativa do ar é importante para não prejudicar a qualidade dos tecidos como algodão e seda, e também o couro durante na fabricação e armazenagem.

Dino

O Brasil é um dos principais produtores têxteis em todo o mundo, sendo o maior do ocidente. Sua produção anual em 2019 foi de 1,2 milhão de toneladas. A indústria têxtil produz tecidos para serem distribuídos para fabricação de roupas, revestimentos de móveisprodutos de higiene pessoal e materiais hospitalares, dentre outros.

Em seu processo de produção, o controle de umidade relativa do ar é importante para não prejudicar a qualidade dos tecidos como algodão e seda, e também o couro durante na fabricação e armazenagem. A falta de controle sobre a umidade pode significar a total deterioração dos materiais.

 

E o que representa a alta umidade para os tecidos? 

O excesso de umidade vai fatalmente levar a criação de microrganismos como fungos, responsáveis pela formação de bolor e mofo. Além de se alimentarem da fibra dos tecidos, os fungos alteram o que há de mais importante neles, a aparência. Uma das dificuldades impostas pelo excesso de umidade é na separação de fios, o que para a indústria têxtil é crucial, pois causam problemas e interferem na produção. Além disso, pode alterar diretamente os tecidos, deformando e mudando a cor. Outro problema comum é a dificuldade de secagem. Quando a umidade está muito alta pode resultar inclusive em mudança na tonalidade e coloração.

Tão importante quanto a fase de produção dos produtos têxteis é a fase de armazenamento. Uma das decisões mais acertadas é já manter o local que vai receber o material com a umidade controlada. É a melhor maneira de se preservar o produto e manter logicamente as condições de lucros.

Os equipamentos também podem ser afetados, pois convivem constantemente com problemas de oxidação, corrosão e, em alguns casos, até ferrugem nas engrenagens das máquinas. Para que os equipamentos possam trabalhar com qualidade total, é importante que a umidade seja integralmente controlada.

Diariamente são produzidos em todo o mundo 175 mil toneladas de lixo provenientes da indústria têxtil e, em geral, a grande responsável por esse índice tão elevado de perda, é a umidade. Isso representa não só perdas significativas de material, como também grande prejuízo para o meio ambiente que, de uma forma ou de outra acabará recebendo esse material.

Para que possa haver perfeito equilíbrio da umidade, tanto na fase de produção, quanto de estocagem de têxteis, é necessário o emprego de desumidificadores de ar. Ao manterem a umidade sob controle, impedirão a proliferação de microrganismos, como os fungos que se alimentam das fibras.

Produzidos com a mais alta tecnologia, os Desumidificadores da Linha Desidrat da Thermomatic constituem-se a melhor resposta às necessidades da indústria têxtil. Os equipamentos controlam o nível de umidade do ambiente, além de filtrarem todas as partículas em suspensão do ar, garantindo assim um ambiente mais saudável para bens materiais e pessoas.

Saiba mais sobre como controlar a umidade do ambiente nas indústrias têxteis. Acesse: https://www.thermomatic.com.br/aplicacoes/desumidificador-de-ar-evita-prejuizos-no-segmento-textil.html

Website: http://www.thermomatic.com.br

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close