Mercado e TecnologiaPAT

Segredos sobre cultura que você pode aprender no trabalho

Toda organização possui uma determinada cultura, embora nem sempre vivida – ou trabalhada – de fato. As crenças, os valores e os hábitos são os fatores dominantes para um ambiente de trabalho mais leve e melhor posicionado.

 

Criar uma grande cultura e fazer com que os colaboradores vivenciem ela no dia a dia, atribui significado ao trabalho. Além disso, esses valores são uma direção ao colaborador, vida e visão a empresa.

 

Afinal, você sabe os valores e crenças que sua empresa possui? Conhece as ambições e sabe o valor de cada conquista? Se a resposta for sim, você trabalha em uma organização onde se tem uma cultura forte e consolidada.

Mas, se você não sabe o impacto desses valores praticados no dia a dia, alguns erros podem prejudicar sua atuação e a da empresa no mercado, visto que a cultura é designada em todos os processos.

 

Vamos falar sobre a cultura no trabalho e o que você pode tirar dela?

Cultura é a essência da empresa

A preocupação com a cultura garante que todos os colabores estejam em sintonia e engajados quanto equipe.

 

A cultura é o fator dominante na tomada de decisões. É com ela que vemos decidimos o perfil novas contratações, quem ficará no time e quem não.

 

Praticar uma cultura forte é guiar o desenvolvimento de cada estratégia e melhorar a comunicação interna da empresa, divulgando corretamente dados e fatos a todos os envolvidos.

 

Nesse post, você pode descobrir alguns segredos de cultura e adquiri-los no seu cotidiano!

Características da cultura no trabalho

Ao falarmos sobre cultura, pensamos em um modelo de cultura muito forte nas organizações atuais. A cultura organizacional refere-se a um conjunto de hábitos e crenças estabelecidos de modo que as normas e os valores sejam compartilhadas entre os membros da empresa.

 

Inovação

Como o sentido da palavra, inovar significa criar algo novo. A palavra refere-se a uma ideia ou objetivo. Você pode pensar em pintar a sua casa, inventar uma receita nova ou criar um novo sistema de combate a incêndio. Fica a seu critério!

Atenção aos detalhes

Nada mais é que precisão aos detalhes. Faça sempre uma análise cuidadosa e relevante. Esse é um dos pontos da cultura que você leva da empresa para casa. Se atente aos detalhes ao entrar e sair de casa. As portas foram fechadas? Janelas?

Orientação para resultados

Os executores focam mais os resultados nas técnicas e no processo para alcançá-los. Pense que você quer criar uma película de controle solar ou inventar um novo método para a cinta de carga, qual processo deve utilizar? Quais métodos deve seguir? O que pode dar certo?

Motivação dos executores

Trata-se da motivação das pessoas. As decisões dos dirigentes levam em conta o efeitos desses resultados sobre os colabores. Se os gestores pensam no impacto que determinada posição terá sobre você, automaticamente ele valoriza seu posicionamento.

Orientação da equipe

As orientações do trabalho são organizadas em função do grupo, não de um único indivíduo. Isso ocasiona em empatia, você simultaneamente passa a pensar no próximo.

Competitividade

As pessoas passam de acomodadas para competitivas. O que é bom, pois te torna menos afável e te tira da zona de conforto.

 

Bacana, né? Os valores são extremamente estimulantes e podem ser vividos e trabalhados na nossa rotina.

Cultura forte

Agora você já sabe como a cultura da empresa deve ser vivida e trabalhada no nosso cotidiano – dentro e fora de casa.

 

A cultura quando é forte, seus valores e crenças são acatados e compartilhados no momento instante. Quanto mais membros forem aceitos e maior o compartilhamento com eles, maior será essa cultura. O resultado disso une propósitos de coesão e lealdade.

 

 

 

 

 

 

 

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close