IncêndiosLeis e Normas

NFPA 72: os sistemas de alarme de incêndio e comunicações de emergência

Equipe Target
Os alarmes de incêndio e as comunicações de emergência
A NFPA 72 – National Fire Alarm and Signaling Code, 2019 Edition apresenta as disposições mais avançadas já desenvolvidas para a aplicação, instalação, localização, desempenho e inspeção, ensaio e manutenção de sistemas de alarme de incêndio e comunicações de emergência – incluindo sistemas de notificação em massa (mass notification systems – MNS).
Assim, essa norma abrange a aplicação, instalação, localização, desempenho, inspeção, teste e manutenção de sistemas de alarme de incêndio, sistemas de alarme de estações de supervisão, sistemas públicos de notificação de alarmes de emergência, equipamentos de alerta de incêndio e sistemas de comunicação de emergência (emergency communications systems – ECS) e seus componentes. As disposições dos capítulos aplicam-se ao longo do Código, salvo indicação em contrário.

Esta edição apresenta atualizações importantes para projetistas e instaladores – desde requisitos adicionais de ensaio para sistemas de armazenamento de energia (energy storage systems – ESS) até novos requisitos para ventiladores HVLS e detectores de fumaça com amostragem de ar. Em uma grande mudança no escopo, a NFPA 72 agora trata da proteção ao monóxido de carbono.
O material anteriormente disponível na NFPA 720 – Standard for the Installation of Carbon Monoxide (CO) Detection and Warning Equipment foi realocado para a edição 2019 da NFPA 72. Alguns requisitos críticos foram incorporados: Capítulo 17 para detectores de monóxido de carbono; Capítulo 14 para instalação, ensaio e manutenção; Capítulo 29 para alarmes de monóxido de carbono – com uma quantidade significativa de informações adicionais; novo anexo H. Outras mudanças importantes tratam da evacuação dos ocupantes, áreas de refúgio e baterias VRLA.
As principais revisões dos requisitos para elevadores de acesso a serviços de incêndio e elevadores de evacuação de ocupantes (OEE) coordenam-se com as alterações feitas na ASME A17.1 / CSA B44. O texto do anexo é adicionado para esclarecimentos. Alguns requisitos foram amplamente revisados para operação de evacuação de ocupantes (OEO) coordenam-se com as novas melhores práticas e pesquisas de campo.
Além dos requisitos revisados para a área de refúgio (área de assistência de resgate), o Capítulo 24 agora inclui requisitos para sistemas de comunicação em escadas, sistemas de comunicação de desembarque de elevadores e sistemas de comunicação de lobby de elevador de evacuação de ocupantes. O capítulo 14 – Inspeção, ensaio e manutenção agora incorpora baterias de chumbo-ácido reguladas por válvula (VRLA). Algumas definições novas e atualizadas forma incluídas na NFPA 72 com as tecnologias atuais. Por exemplo, os termos estroboscópico, luz e visível foram alterados para dispositivo de notificação visual, reconhecendo o uso de produtos de LED que podem ser usados para alarme de incêndio.
FONTE: Equipe Target

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close