NOTÍCIAS CORPORATIVASSegurança patrimonial e eletrônica

Livros digitais ampliam o acesso à leitura do brasileiro e movimentam setor

O mercado de livros impressos no Brasil tem caído nos últimos anos. Para se ter uma ideia, de 2008 a 2018, o setor encolheu 25%, segundo o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). Muitas lojas de grandes redes livreiras fecharam unidades, como foi o caso da Saraiva e Livraria Cultura. Porém, uma tendência vem aumentando as esperanças na renovação desse importante setor que ainda movimenta bilhões de reais na economia do país: os e-books.

Dino

O mercado de livros impressos no Brasil tem caído nos últimos anos. Para se ter uma ideia, de 2008 a 2018, o setor encolheu 25%, segundo o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). Muitas lojas de grandes redes livreiras fecharam unidades, como foi o caso da Saraiva e Livraria Cultura. Porém, uma tendência vem aumentando as esperanças na renovação desse importante setor que ainda movimenta bilhões de reais na economia do país: os e-books.

Os livros digitais aos poucos têm se tornado mais presentes nas mãos dos brasileiros, pois são possíveis de se ler em aparelhos próprios para isso como Kindle, tablets e até pela tela do celular. Por conta de não envolver custos com impressão, lucro das livrarias e outros acréscimos no valor final do produto, o e-book sai mais em conta com uma diferença de 20% a 30% sobre o preço de capa nas lojas.

O que não falta são opções para obter essas leituras digitais. Existem as lojas virtuais, serviços de assinatura, obras de financiamento coletivos e, por fora, a pirataria. Porém, quem trabalha no setor está muito otimista com as possibilidades que esse tipo de venda proporciona. Em entrevista para o Meio & Mensagem, Eduardo Villela, consultor para escrita e comercialização de livros, “em poucos anos, os e-books, como os conhecemos hoje, mudarão bastante. O livro digital do futuro oferecerá uma experiência integrada de consumo de conteúdo”. Essa afirmação hoje aparece representa pouco, pois esse nicho proporcionou um aumento de apenas 1,08% de vendas em 2018, por estatísticas do estudo de Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro.

Já entre serviços de assinatura de leitura, destaca-se o Skeelo que apresenta todo mês um livro diferente e, geralmente, um best-seller. Essa facilidade já se encontra disponível para assinar através do próprio aplicativo ou operadora de celular que já possua esse serviço em seu portfólio, como é o caso da Nextel.

Agora não existe mais desculpas para deixar de ler. Está acessível, principalmente, podendo montar uma biblioteca dentro de um aparelho eletrônico.

Website: https://www.nextel.com.br/

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close