NOTÍCIAS CORPORATIVASSegurança patrimonial e eletrônica

Coronavírus provoca aumento de ataques virtuais e fake news

O crescimento da infecção por Coronavírus reflete no mundo virtual, hackers já se aproveitam para aplicar golpes cibernéticos.

São Paulo, SP,27/03/2020 –

No fim de dezembro de 2019, a China enviou um alerta à Organização Mundial da Saúde (OMS) relatando o surgimento de uma pneumonia que ainda não tinha uma causa conhecida. Em menos de um mês, diversas cidades do país enfrentavam uma quarentena e a misteriosa pneumonia recebeu um nome, novo Coronavírus ou COVID-19. O vírus, em pouco tempo, espalhou-se pelo mundo e o assunto tomou conta de todos portais e telejornais.

No Brasil, os primeiros casos surgiram logo após o Carnaval e o número de infectados está crescendo cada vez mais. Isto está refletindo também no mundo da Internet: muitos hackers já estão se aproveitando do COVID-19 para aplicar golpes cibernéticos.

Além de aplicativos maliciosos, há também registros de domínios falsos e notícias manipuladas que podem ser em texto, vídeo ou áudio. Algumas das informações compartilhadas no WhatsApp estão relacionadas com benefícios falsos, inscrição para compra de álcool em gel e testes para saber se está com a doença. O Ministério da Saúde disponibilizou um número de WhatsApp para que as pessoas possam confirmar quais informações são verdadeiras ou não, basta enviar uma mensagem para (55 61) 9938-0031 e seguir as orientações. Sites como o do Ministério da Saúde (https://www.saude.gov.br/fakenews) também auxiliam a identificação de notícias falsas sobre o assunto.

Marcelo Lau (coordenador de MBA em Cibersegurança da FIAP) e Rafael Silva (coordenador do curso de Defesa Cibernética na FIAP) disponibilizam algumas dicas para se prevenir de golpes cibernéticos:

1) Atualmente, nenhuma tecnologia é 100% segura. Portanto, temos que tomar cuidado principalmente com a origem do link e da informação que recebemos em nossos celulares. Pesquise em sites oficiais ou então confirme a informação em sites de busca. Ao identificar que recebeu uma notícia falsa, avise a pessoa que a encaminhou, para evitar que um conteúdo inverídico se propague.

2) Ao baixar um aplicativo, faça o download através das lojas oficiais. Sempre considere a avaliação do aplicativo, os comentários de seus usuários e quem o desenvolveu. Ao instalar o aplicativo escolhido, analise quais acessos ele está solicitando, áreas de armazenamento, localização, lista de contatos, câmera, microfone e veja se o aplicativo realmente precisa dessa permissão.

3) Não adicione ou entre em contato com pessoas desconhecidas em redes sociais, elas terão acesso à sua rotina, aos seus amigos, aos locais que frequenta e às suas fotos particulares, isso poderá ser usado futuramente em golpes.

4) Fique atento às ligações recebidas, pois há riscos de fraudes através de chamadas realizadas por criminosos, solicitando envio de pagamentos fraudulentos. Preste atenção também em seu e-mail e WhatsApp, pois outros golpes são comumente realizados por meio deles.

5) Use ferramentas de segurança confiáveis como antivírus no seu computador, no seu notebook e no seu celular.

6) Use dois fatores de autenticação em suas redes sociais.

7) Confira sempre o site em que está colocando seus dados. Cuidado ao inserir senhas em cadastros para participação em sorteios, prêmios, bonificação de valores financeiros, auxílio às vítimas, vagas de emprego e assuntos similares, que são os temas mais comuns de golpes.

Website: http://www.fiap.com.br

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique Também

Close
Close