Emily SobralPAT

Senado aprova autorização para universidades produzirem respiradores

Por Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Pode parecer uma nobre atitude do Senado Federal, por ter aprovado no fim de maio, em sessão remota, a participação de instituições públicas de ensino na produção de equipamentos e materiais de combate à covid-19, como respiradores, máscaras e álcool gel. Essas instituições universitárias ficam autorizadas a usar parte de seu orçamento, instalações e mão de obra para a confecção desses equipamentos.

Faço minha crítica ao Projeto de Lei (PL) 1.545/2020 do senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB), que acrescenta dispositivo à lei que trata das medidas na atual pandemia, que permite essa participação no mercado de equipamentos médicos. Primeiramente, muitas investidas ‘do bem’ dos políticos contra o vírus chinês estão cercadas de intenções pouco republicanas, sem nenhuma certeza científica e médica. Logicamente que ninguém deve achar que comprar respiradores por preços superfaturados da China é a melhor solução, como atualmente estão sendo investigados certos governadores, mas daí achar que se deve colocar as instituições acadêmicas para produzir respiradores, ventiladores e outros insumos, é a melhor decisão, vai uma grande diferença. Por quê? Será que produzir equipamentos, como respiradores, é mesmo o que se precisa? Não seria melhor os investimentos em vacinas, testes e estatísticas sérias para sabermos os números reais dessa pandemia? Não posso esquecer que antes do covid-19, hospitais sempre viveram lotados, sem UTIs e equipamentos, mas agora não pode faltar respirador? Me engana que eu gosto!  Desculpe-me, mas onde há político, vou sempre questionar suas ‘santas’ intenções. #prontofalei.

 

 

www.segurancaocupacionales.com.br

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close