Emily SobralPAT

Tecnologia de ponta para proteger as mãos do trabalhador

Por Emily Sobral Twitter: @EmilySobral       Periscope: @emiliasobral61

Operários do setor de construção civil estão suscetíveis a graves acidentes devido aos objetos em queda, equipamentos perigosos que podem vir a provocar cortes e lacerações, tombos e quedas de altura. Há ainda os incidentes menos graves, envolvendo as mãos.

Para erradicar ocorrências envolvendo as mãos dos operários, a TÜV SÜD Brasil, divisão de engenharia consultiva, responsável pelo gerenciamento e fiscalização de construções e empreendimentos de infraestrutura, colocou em prática uma iniciativa de prevenção.

Assim, a empresa adotou uma luva mais resistente, mantendo o conforto sem prejudicar a destreza dos trabalhadores. Para chegar a esse produto, a TÜV SÜD Brasil manteve uma parceria com a área técnica da DuPont e da Balaska, que resultou na luva de proteção com a tecnologia DuPont™ Kevlar®.

Apoiada por um programa de treinamento, a implantação da luva foi aprovada pelos trabalhadores, que aprenderam noções sobre como prevenir lesões nas mãos, as melhores práticas de uso, armazenagem e higienização do EPI.

Segundo Leo Eduardo Couto Queirolo, Engenheiro Coordenador Geral da TÜV SÜD Brasil, a luva aumentou o nível de segurança, e a maleabilidade foi elogiada pelos usuários. “O conforto e a flexibilidade das novas luvas de Kevlar® trouxeram uma revolução para os canteiros de obras”, afirmou o gestor.

 

 

www.segurancaocupacionales.com.br

.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique Também

Close
Close