NOTÍCIAS CORPORATIVASPAT

Retomada do comércio: quais são os cuidados indispensáveis?

No Brasil, planos individuais para reabertura dos serviços não essenciais são seguidos. Estes, são definidos por meio do número de novos casos e ocupação de leitos em UTI

Pouco a pouco, o país está retomando as suas atividades. Com planos que abrangem estados e cidades de forma individual, os passos na direção a reabertura total do comércio e outros serviços são lentos e respeitam diversas diretrizes que analisam dados como: número de mortes, infecções nas últimas duas semanas e também ocupações de leitos em Unidades de Terapia Intensiva.

Ainda que o fechamento do comércio durante a pandemia tenha deixado alguns prejuízos, o momento atual, que conta a reabertura de shoppings e academias em algumas cidades, não está sendo totalmente satisfatório.

Avaliando a cidade de São Paulo, que já está com ambos estabelecimentos citados acima abertos, o cenário é repleto de reclamações: lojistas dos shoppings afirmam que na retomada do “novo normal”, o faturamento caiu 90% em relação ao período pré-pandemia. As informações são da Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shoppings Centers).

Isso tudo porque, embora seja possível circular, diversos cuidados devem ser tomados. “Hoje, existem quantidades máximas de pessoas e exigências para a entrada em estabelecimentos, como o uso da máscara. Nesse sentido, um segundo item tornou-se indispensável para controle. Trata-se do termômetro”, diz Luiz Santos, sócio-fundador da Billab Tech Medical Supply, empresa especializada na venda de equipamentos médicos.

Como via de regra, aquele que apresentar febre a partir de 37,8° graus não pode adentrar os estabelecimentos. Além disso, é indicado atenção com o aparecimento de sintomas secundários – e, claro, se possível, o isolamento social.

E é graças a capacidade de indicar a temperatura do corpo de forma rápida e precisa que o termômetro se tornou fator decisivo para o controle de quem entra e quem sai dos comércios. “Sempre utilizamos o termômetro na medicina, mas agora ele foi ressignificado, pois é o que dá o ‘sinal verde’ para que alguém entre em um estabelecimento”, aponta Luiz.

Importação

Com o avanço da pandemia, a Billab Tech sentiu a necessidade de renovar seu portfólio. Assim, trouxe para os itens mais vendidos máscaras, face shields, aventais, testes rápidos, respiradores e também os termômetros.

“Utilizamos uma tecnologia infravermelha. Basta posicionar a sonda em direção a testa e pressionar o gatilho. Feito isso, a temperatura é exibida na tela em menos de um segundo, sem necessidade de proximidade ou qualquer tipo de contato”, indica Luiz.

A tecnologia do termômetro traz sinal sonoro, unidade de temperatura comutável entre Cº/Fº, armazenamento das últimas dez medições, desligamento automático e fundo LCD, que permite a utilização em ambientes com baixa iluminação, além de sinalizar e categorizar as temperaturas como: estado normal, febril ou febre alta com as cores verde, amarelo e vermelho respectivamente.

Produtos contra COVID-19

A Billab Tech Medical Supply é uma empresa afiliada da Metz Enterprises e se destaca na indústria por sua atuação nacional e internacional.

Com estoque completo e portfólio atualizado para enfrentar a pandemia causada pelo novo Coronavírus, a corporação oferece produtos exclusivos da Billabtech Pak®, uma alternativa econômica e de qualidade garantida a outros produtos no mercado.

Com produtos aprovados e comprovados pela FDA, Food and Drug Administration, nos Estados Unidos, e também autorização da Anvisa para atuação no País, a corporação traz em seu termômetro a Marcação CE, que demonstra conformidade com as regras europeias.

Para mais informações, basta acessar: https://billabtech.com/

Website: https://billabtech.com/

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close